Por Alberto Alerigi

SÃO PAULO (Reuters) – O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira sem restrições o contrato de formação de aliança estratégica entre a companhia aérea chilena Latam e a norte-americana Delta.

Por meio da operação, as duas empresas irão explorar conjuntamente os serviços de transporte aéreo de passageiros e cargas em rotas entre Estados Unidos, Canadá e países da América do Sul, afirmou o Cade em comunicado à imprensa.

O conselheiro-relator do caso, Luis Braido, afirmou que o negócio não apresenta preocupações concorrenciais em nenhum dos segmentos, informou o Cade. A Latam é a maior companhia aérea da América Latina e a Delta é um dos maiores grupos de aviação do mundo.

Após analisar as rotas que o acordo abrange, Braido concluiu que a operação “não implica em eliminação da concorrência em parte substancial de mercado relevante, não cria ou reforça uma posição dominante e não resulta na dominação de mercado relevante de bens ou serviços”, afirmou o Cade.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).