Por Roberto Samora

SÃO PAULO (Reuters) – A gigante do agronegócio Bunge assinou memorando de entendimento para comprar fatia minoritária na revenda de insumos Pantanal Agrícola, que possui operações na região Centro-Oeste do Brasil, segundo comunicado da multinacional nesta sexta-feira.

A Pantanal, além de revender insumos como defensivos, sementes e fertilizantes, também viabiliza operações de “barter”, que possibilita a produtores o pagamento dos insumos com grãos.

“Com a experiência da Pantanal, reforçaremos nossa operação de barter e, em contrapartida, planejamos investir na infraestrutura de armazenagem de grãos da empresa, aumentando seu potencial de crescimento na região”, disse o diretor de Originação da Bunge, Roberto Marcon.

Com 20 anos de história, a Pantanal atua em 64 cidades nos Estados do Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás, apoiada por uma equipe de mais de 180 colaboradores e 11 lojas de insumos agrícolas.

“Esta combinação tem grande potencial de estreitarmos ainda mais nossa parceria comercial com a Bunge e de obtermos benefícios mútuos”, disse o diretor executivo da Pantanal Agrícola, Jonis Asmann, em nota.

O fechamento do negócio está condicionado ao cumprimento de condições precedentes acordadas pelas partes, inclusive a aprovação da transação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). O tamanho da participação que a Bunge quer comprar não foi divulgado.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).