O presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou há pouco, através das suas redes sociais, que indicou um novo presidente para a Petrobras. O general da reserva Joaquim Silva e Luna, que é um militar de carreira, foi o nome escolhido para assumir a estatal no lugar do atual comandante da estatal, Roberto Castello Branco.

Nesta sexta, Bolsonaro havia reiterado que mudanças seriam feitas na empresa, um dia depois de criticar a elevação do preço dos combustíveis realizada na véspera pela estatal.

“Anuncio que teremos mudança sim na Petrobras”, disse o presidente durante viagem a Sertânia, em Pernambuco, para inauguração de uma obra. Bolsonaro, entretanto, afirmou que “jamais” vai interferir na estatal e não detalhou quais mudanças serão realizadas.

Em transmissão feita na noite de quinta (dia 19), ele havia afirmado que “obviamente” teria consequência a fala de Castello Branco, que dias atrás havia dito que a ameaça de greve de caminhoneiros não era problema da empresa.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).