O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (20) durante uma transmissão ao vivo pelo Facebook que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lhe disse em um telefonema que decidiu não sobretaxar o aço e o alumínio do Brasil.

“Agora há pouco, então, tive a grata satisfação de receber um telefonema do senhor Donald Trump, presidente dos Estados Unidos. Uma conversa de aproximadamente 15 minutos”, disse Bolsonaro, afirmando ter dado a Trump argumentos contra a sobretaxação dos produtos brasileiros.

“Ele se convenceu dos meus argumentos e decidiu dizer a todos os brasileiros que nosso aço e nosso alumínio não serão sobretaxados. Repito: não serão sobretaxados”, afirmou.

Trump confirma conversa, mas não diz nada da sobretaxa. Em postagem em sua conta no Twitter, por sua vez, Trump disse ter tido “um telefonema fantástico” com Bolsonaro, mas não mencionou o recuo na decisão de sobretaxar o aço e o alumínio do Brasil.

“Acabei de ter um telefonema fantástico com o presidente do Brasil @jairbolsonaro. Discutimos vários assuntos, incluindo o comércio. O relacionamento entre Estados Unidos e Brasil nunca foi tão forte”, escreveu Trump.

Você pode me dar um pouco mais de contexto? A sobretaxa ao aço e ao alumínio do Brasil havia sido anunciada por Trump em sua conta no Twitter no início deste mês.

Na ocasião, o presidente norte-americano também anunciou que taxaria os mesmos produtos da Argentina e acusou os governos dos dois países sul-americanos de desvalorizarem suas moedas.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).