Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) – O governo federal vai liberar o restante dos recursos do Orçamento contingenciados até agora, cerca de 5 bilhões de reais, depois de um aumento recorde de arrecadação, disse nesta quarta-feira o presidente Jair Bolsonaro em uma entrevista a uma rádio do interior paulista.

“Temos que ter responsabilidade. Trabalhamos, conseguimos no dia de ontem aqui com Paulo Guedes e vários outros ministros também, como a arrecadação tem aumentando assustadoramente, estou até preocupado positivamente, óbvio né, a arrecadação subiu assustadoramente, nós resolvemos descontigenciar todos os recursos previstos no Orçamento dos ministérios, todos”, disse o presidente.

De acordo com uma fonte, a decisão foi tomada na noite de terça durante reunião da Junta Orçamentária.

Os dados da arrecadação federal, apresentados na manhã desta quarta, mostram que o governo arrecadou 137,2 bilhões de reais em junho, um aumento real de 46,77% maior do que no mesmo mês do ano passado.

No semestre, a arrecadação chegou a 882 bilhões de reais, 24,5% maior que em 2020.

O aumento acima do previsto liberou o governo para autorizar todos os ministérios a gastarem todo o valor previsto no Orçamento.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).