BRASÍLIA (Reuters) – Em meio a cobranças pela redução dos valores dos combustíveis cobrados ao consumidor final no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que o preço do insumo está caro no mundo todo e que não está tirando o “corpo fora” na discussão.

“Todo mundo quer que o preço diminua, mas o combustível encareceu no mundo todo”, disse ele, em solenidade no Palácio do Planalto.

Bolsonaro afirmou que tem conversado com o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, para encontrar soluções sobre o assunto. Ele voltou a citar os fatores que formam o preço final, como o ICMS, o frete e a margem de lucro de quem vende o combustível nas bombas.

“Não estou tirando meu corpo fora, estou mostrando a realidade”, disse.

(Reportagem de Ricardo Brito)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).