BUENOS AIRES (Reuters) – Os agricultores argentinos plantarão cerca de 7,3 milhões de hectares de milho na temporada de 2021/22, disse a Bolsa de Cereais de Buenos Aires nesta quinta-feira, elevando sua previsão ante estimativa anterior de 7,1 milhões de hectares.

A expectativa da bolsa é que a colheita de milho da Argentina alcance o recorde de 55 milhões de toneladas em 2021/22, previsão que manteve inalterada. O país sul-americano é o segundo maior exportador mundial de milho.

A bolsa informou no mês passado que o milho plantado cedo no país deu início a estágios importantes de desenvolvimento, durante os quais os rendimentos têm “boas expectativas” graças a chuvas recentes.

(Reportagem de Maximilian Heath; Texto de Adam Jourdan)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).