FRANKFURT (Reuters) – Autoridades do Banco Central Europeu que se reuniram no mês passado concordaram em elevar as compras de títulos este trimestre com a condição de que elas possam ser reduzidas de novo mais tarde se as condições permitirem, mostrou nesta quinta-feira a ata do encontro de 10 e 11 de março.

“Todos os membros se juntaram em consenso em torno da proposta apresentada por (economista-chefe, Philip) Lane, com o entendimento de que o envelope total de PEPP não estava sendo colocado em dúvida nas condições atuais e que o ritmo de compras pode ser reduzido no futuro”, mostrou o documento.

“Foi destacado que a flexibilidade incorporada no PEPP é simétrica, sugerindo que o ritmo de compras pode ser elevado ou reduzido de acordo com as condições do mercado”, disse o BCE.

O BCE separou 1,85 trilhão de euros em seu Programa de Compras Emergenciais da Pandemia, mas repetiu que pode não necessariamente gastar todo esse volume.

(Reportagem de Balazs Koranyi)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).