FRANKFURT (Reuters) – O Banco Central Europeu (BCE) evitará um aumento prematuro nos custos de empréstimos a empresas e famílias que lutam para lidar com a recessão provocada pela pandemia, disse a presidente do BCE, Christine Lagarde, nesta segunda-feira.

“O BCE ajudará a garantir que as empresas e famílias tenham acesso ao financiamento de que precisam para resistir a esta tempestade – e que possam fazê-lo com a confiança de que as condições de financiamento não se endurecerão prematuramente”, disse Lagarde em um discurso.

Os custos dos empréstimos têm aumentado de forma constante desde o início do ano, levantando dúvidas sobre o compromisso do BCE de mantê-los em mínimas históricas.

(Por Balazs Koranyi)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).