WASHINGTON (Reuters) – O decepcionante relatório de empregos dos Estados Unidos de abril mostrou um gargalo na entrada de trabalhadores no mercado de trabalho, e não uma recuperação perdendo força, disse o presidente do Federal Reserve de Richmond, Thomas Barkin, nesta sexta-feira.

“Estou bastante esperançoso de que estamos prestes a concluir a recuperação”, disse Barkin, mas uma lista de razões, incluindo temores relacionados ao coronavírus, creches, aposentadorias e a disponibilidade de auxílio-desemprego, pode estar impedindo a contratação de trabalhadores por parte das empresas.

“Não acho que o lado da demanda seja mais o nosso problema. É o lado da oferta”, disse Barkin.

(Por Howard Schneider)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).