Por Min Zhang e Meg Shen

PEQUIM/HONG KONG (Reuters) – O maior grupo siderúrgico chinês com ações em bolsa de valores, Baoshan Iron & Steel, Baosteel, teve um salto no lucro líquido do primeiro trimestre, atingindo maior nível desde o final de 2018, impulsionada por demanda forte e reduções de custos.

A companhia teve lucro líquido de 5,4 bilhões de iuanes(832,50 milhões de dólares) no primeiro trimestre, alta de 11,2% sobre o quarto trimestre do ano passado. Um ano antes, o resultado havia sido de 1,5 bilhão de iuans no período.

Apesar da alta nos preços de matérias-primas como minério de ferro, a Baosteel conseguiu reduzir custos em 1,3 bilhão de iuans por meio de melhora na eficiência.

“Esperamos que nosso lucro líquido no primeiro semestre cresça de maneira significativa sobre o ano passado”, afirmou a Baosteel em comunicado ao mercado.

A companhia tem meta de produzir 51,13 milhões de toneladas de aço e ter faturamento de 289,6 bilhões de iuans este ano 2021, ante uma produção de 45,62 milhões de toneladas e receita de 283,7 bilhões em 2020.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).