A Caixa começa a pagar hoje o Auxílio Brasil, nome do novo programa de distribuição de renda, para os beneficiários do Bolsa Família. As datas de pagamento seguirão o modelo do Bolsa Família, que pagava os beneficiários nos dez últimos dias úteis do mês, com base no dígito final do NIS (Número de Inscrição Social).

Neste primeiro mês, o pagamento será realizado de 17 a 30 de novembro. No mês que vem, em função das festas de fim de ano, o pagamento foi antecipado e acontecerá de 10 a 23 de dezembro.

A partir de 23 de novembro, as agências da Caixa também retomam os horários de atendimento pré-pandemia de covid-19, entre 10h e 16h, pelo horário de Brasília. A depender do fuso da localidade, os horários podem variar. Até lá, as agências funcionam das 8h às 13h, pelo fuso oficial de Brasília.

Quem receberá? São 14,5 milhões de famílias cadastradas no Bolsa Família que receberão o benefício.

Qual o calendário de pagamento? Veja abaixo o de novembro:

Número final do NISData de pagamento
Número final 117/11/2021
Número final 218/11/2021
Número final 319/11/2021
Número final 422/11/2021
Número final 523/11/2021
Número final 624/11/2021
Número final 725/11/2021
Número final 826/11/2021
Número final 929/11/2021
Número final 030/11/2021

Qual o valor? O valor médio de novembro será de R$ 217,18. A expectativa do governo é elevar o valor para R$ 400 a partir de dezembro, quando a PEC dos Precatórios já pode ter sido aprovada.

Como tirar dúvidas? Pela central telefônica 111 da Caixa, que funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site caixa.gov.br/auxiliobrasil.

Posso ir sacar na agência? Sim. A partir de 23 de novembro, as agências da Caixa retomam os horários de atendimento pré-pandemia de covid-19, entre 10h e 16h, pelo horário de Brasília. A depender do fuso da localidade, os horários podem variar. Até lá, as agências funcionam das 8h às 13h, pelo fuso oficial de Brasília.

Como recebo o benefício? Os cartões e senhas utilizados para saque do Bolsa Família continuarão válidos e poderão ser utilizados para o recebimento do Auxílio Brasil nas agências, lotéricas e correspondentes. As famílias que recebem o Bolsa Família pelo aplicativo Caixa Tem, em conta poupança digital, receberão o Auxílio Brasil na mesma modalidade de pagamento e poderão continuar movimentando seu benefício pelo aplicativo.

Quem já recebe o Bolsa Família precisa se recadastrar? Não. O cadastro será automático para quem já recebe o Bolsa Família. Quem está no CadÚnico, mas não recebia o Bolsa Família vai para uma lista de reserva. Quem não está CadÚnico precisa buscar um Cras para registro – não há garantia de que vai receber.

O CadÚnico também será usado para garantir o acesso ao Auxílio Brasil. Todos os meses, o Ministério da Cidadania selecionará novos beneficiários para o programa, desde que os dados estejam atualizados.

(Com Agência Brasil)

 

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).