O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), sinalizador do Produto Interno Bruto (PIB), teve alta de 1,06% em agosto na comparação com julho, de acordo com dado dessazonalizado divulgado pelo Banco Central nesta quinta-feira (15).

A expectativa de economistas era de uma alta de 1,60%, segundo pesquisa da Reuters.

Sobre agosto de 2019, o IBC-Br apresentou contração de 3,92% e, no acumulado em 12 meses, teve recuo de 3,09%.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).