A arrecadação dos principais tributos de competência municipal — Imposto Sobre Serviços (ISS), Imposto sobre Propriedade Territorial Urbana (IPTU) e Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) — caiu 14,35% no segundo trimestre, na comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados são da Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Em termos nominais, os municípios perderam, apenas com esses impostos, aproximadamente R$ 3,76 bilhões no período, considerado o mais severo da pandemia.

A maior queda foi no ISS. A redução de 14,9% representou menos R$ 2,4 bilhões para os cofres locais. A arrecadação com IPTU caiu 10,1% (perda de R$ 718,4 milhões), enquanto o ITBI recuou 22,1% (R$ 609,1 milhões a menos).

Segundo nota da CNM, embora o cenário mostre uma recuperação econômica a partir de agosto/setembro, a entidade analisa que as perdas registradas pelo conjunto dos Municípios brasileiros não serão repostas neste ano.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).