BUENOS AIRES (Reuters) – O governo da Argentina anunciou nesta terça-feira limitações às exportações de cortes de carne bovina amplamente consumidos no mercado interno para evitar aumentos no preço local da proteína.

O anúncio ocorreu dois dias após o término da suspensão que o governo havia imposto por um mês a todos os embarques de carne, o que gerou um forte protesto do setor agrícola.

“As exportações serão reabilitadas, mas até completarem 50% da média dos embarques do ano passado”, disse em coletiva de imprensa o ministro de Desenvolvimento de Produção da Argentina, Matías Kulfas.

(Por Agustín Geist e Nicolás Misculin)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).