SÃO PAULO (Reuters) – O CEO da Biosev, Juan José Blanchard, deixará o cargo após a conclusão da venda da companhia para a Raízen e assumirá novos desafios profissionais dentro do grupo Louis Dreyfus, afirmou a Biosev em comunicado nesta sexta-feira.

Em março, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) deu a aprovação final para a venda das usinas da Biosev à Raízen, uma joint venture da Cosan e da Shell.

A Biosev, no entanto, destacou nesta sexta-feira que a efetivação da transação segue sujeita ao cumprimento de condições precedentes, incluindo a conclusão da reorganização societária da companhia e a reestruturação de seu dívida financeira.

Blanchard seguirá na liderança para dar apoio a estes processos, acrescentou a empresa no comunicado.

(Por Nayara Figueiredo)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).