SÃO PAULO (Reuters) – As exportações brasileiras de algodão atingiram o recorde de 731,4 mil toneladas no primeiro trimestre deste ano, apontou a Associação Nacional dos Exportadores de Algodão (Anea) nesta segunda-feira, em meio a um cenário otimista que deve elevar em 21% os embarques da safra 2020/21.

No intervalo de janeiro a março do ano passado, o Brasil exportou 619,5 mil toneladas da pluma, disse a entidade.

“Esse cenário faz com que a distribuição dos embarques de exportação fique mais equilibrada, diferentemente de anos anteriores, quando o volume embarcado representou 70% somente no 2° semestre do ano”, afirmou em nota o presidente da associação, Henrique Snitcovski.

Para o acumulado da safra, a Anea projeta embarques de 2,3 milhões de toneladas, ante 1,910 milhão registrado na temporada anterior.

(Por Nayara Figueiredo e Roberto Samora)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).