Por Lisandra Paraguassu

(Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro subiu o tom contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e disse que a hora dele vai chegar, depois que o ministro determinou investigação de Bolsonaro no âmbito do inquérito das fakes news por ataques ao sistema eleitoral brasileiro.

Na quarta-feira Moraes acolheu notícia-crime encaminhada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e determinou a investigação de Bolsonaro.

Em entrevista a uma rádio do Rio de Janeiro, Bolsonaro disse que Moraes e o presidente do TSE, Luís Roberto Barrroso, têm adotado decisões que fogem da razoabilidade.

Bolsonaro disse acreditar que a hora de Moraes está chegando, porque, segundo ele, não dá para continuar. O presidente não detalhou ao que se referia quando afirmava que a hora do ministro se aproxima.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).