A Amazon registrou lucro líquido de US$ 7,2 bilhões no quarto trimestre de 2020, ou US$ 14,09 por ação diluída, um avanço ante os US$ 3,3 bilhões, ou US$ 6,47 por ação, de igual período de 2019. O resultado superou com folga a previsão de lucro de US$ 7,19 por ação dos analistas ouvidos pela FactSet.

A empresa também informou uma troca de comando e sua ação oscilava entre ganhos e perdas no after hours em Nova York.

As vendas da companhia ficaram em US$ 125,6 bilhões no quarto trimestre do ano passado, também acima dos US$ 87,4 bilhões de igual período de 2019. Excluindo-se o US$ 1,7 bilhão de impacto favorável do câmbio, as vendas líquidas tiveram crescimento de 42% na comparação anual, aponta a empresa.

No balanço, a Amazon também anunciou que seu executivo-chefe (CEO), Jeff Bezos, fundador da empresa, passará no terceiro trimestre deste ano à função de diretor executivo.

O próximo CEO da companhia será Andy Jassy, hoje CEO da Amazon Web Services, negócio de computação em nuvem da empresa.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).