Por Sudip Kar-Gupta e Tommy Lund

PARIS (Reuters) – As ações do grupo de supermercados francês Carrefour recuavam mais de 6% nesta segunda-feira, após revés na possível aquisição pela rival canadense Alimentation Couche-Tard.

A Couche-Tard desistiu de sua oferta de 16,2 bilhões de euros pelo Carrefour depois que o governo francês se opôs ao acordo, citando preocupações com a segurança alimentar, embora as duas empresas tenham dito que continuariam a trabalhar em oportunidades de parceria.

Por volta de 9h (horário de Brasília), as ações do Carrefour caíam 6,2% em Paris.

Analistas do Citi disseram que ainda havia uma chance de o Carrefour e a Couche-Tard retomarem as negociações em uma data posterior, enquanto permanece a possibilidade do Carrefour e do rival doméstico Casino examinarem um acordo de fusão.

“Dito isso, a linguagem e as ações do Carrefour e da Alimentation Couche-Tard sugerem que as partes se engajariam de novo com o menor incentivo, seja agora ou no médio prazo”, escreveram analistas do Citi.

“Além disso, continuamos nos perguntando se o flerte com a Alimentation Couche-Tard poderia levar o Carrefour e o Casino Groupe a reconsiderar uma fusão como alternativa, gerando sinergias domésticas e latino-americanas.”

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).