XANGAI (Reuters) – O mercado acionário da China fechou em alta nesta quinta-feira, com os reguladores minimizando preocupações com a inflação e com discussões com os Estados Unidos ajudando a sustentar o sentimento.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,67%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,54%.

O presidente do banco central da China disse que a inflação está “basicamente sob controle” e que a política monetária será mantida estável, em comentários um dia depois de preocupações com as pressões inflacionárias terem sido alimentadas por dados mostrando a maior alta nos preços ao produtos em 12 anos.

As negociações entre China e EUA também ajudaram a melhorar o sentimento. Autoridades comerciais de ambos os países conversaram por telefone e concordaram em promover um comércio saudável e cooperar em relação às diferenças, disse o Ministério do Comércio chinês nesta quinta-feira.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,34%, a 28.958 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,01%, a 28.738 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,54%, a 3.610 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,67%, a 5.271 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,26%, a 3.224 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 1,14%, a 17.159 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,29%, a 3.162 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,44%, a 7.302 pontos.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).