PEQUIM/MANILA (Reuters) – Os futuros do aço na China chegaram a saltar mais de 5% nesta quarta-feira, para o maior nível em uma década, à medida que o plano do país de adotar mais medidas de proteção ao ambiente geraram preocupações sobre possíveis cortes de produção, enquanto o minério de ferro também subiu.

Além de um pedido do ministério da indústria por cortes na produção siderúrgica neste ano, alertas de forte poluição na província de Hebei e a chegada de um encontro anual do parlamento também devem afetar a produção no curto prazo, disse a SinoSteel Futures em nota.

O contrato mais ativo do vergalhão de aço na bolsa de futuros de Xangai, para entrega em maio, fechou em alta de 3,9%, a 4.842 iuanes (749,11 dólares) por tonelada. Ele chegou a saltar até 5,6% mais cedo na sessão, para o maior nível desde agosto de 2011.

O volume negociado do produto usado em construção ficou em 196,8 mil toneladas na terça-feira, o maior volume diário transacionado desde 4 de janeiro, segundo a consultoria Mysteel.

Os futuros do minério de ferro na bolsa de Dalian também avançaram, com alta de 1,8%, para 1.154 iuanes por tonelada.

(Por Min Zhang e Enrico Dela Cruz)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).