PEQUIM (Reuters) – Os futuros do vergalhão de aço na China operaram dentro de um intervalo limitado nesta quarta-feira, mas perto de máxima de mais de 10 anos, com o mercado esperando uma retomada na demanda, enquanto o minério de ferro teve leve alta.

“Diferente do setor industrial, que voltou ao trabalho, a construções normalmente recomeçam depois do Festival da Lanterna”, disse Wang Yingwu, analista chefe da Huatai Futures em Pequim, acrescentando que o pico da demanda do setor é em abril.

O contrato mais ativo do vergalhão de aço para construção na bolsa de futuros de Xangai, para entrega em maio, fechou em alta de 0,8% a 4.618 iuanes (714,99 dólares) por tonelada.

Wang disse esperar que o crescimento no uso de produtos de aço na indústria atinja de 8% a 10% em 2021, enquanto no setor de imóveis deve ser de 2% a 4%.

No minério de ferro, os futuros na bolsa de commodities de Dalian fecharam em alta de 0,4%, a 1.130 iuanes por tonelada, impulsionados pela menor oferta de grandes mineradoras e pela demanda puxada por “traders” e usinas siderúrgicas recompondo estoques.

Os embarques de minério de ferro para a China ficaram em 56,47 milhões de toneladas até 24 de fevereiro, contra 73 milhões no mês completo do ano passado, segundo dados da Refinitiv.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).