Os financiamentos imobiliários tiveram leve retração de 0,2% em novembro frente a outubro, totalizando R$ 13,84 bilhões, conforme dados da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). Em um ano, porém, foi mantida forte expansão, com alta de 77,9%, em meio a um cenário de juros baixos, que tem servido de tração ao setor a despeito da crise desencadeada pela pandemia do novo coronavírus.

No acumulado do ano até novembro, os recursos tomados para compra e construção de imóveis somam R$ 106,51 bilhões, expansão de 52,1% em relação ao mesmo período de 2019. No período, foram financiadas 370,9 mil unidades, resultado 39,3% maior, na mesma base de comparação.

De acordo com a Abecip, somente no mês de novembro foram financiados, nas modalidades de aquisição e construção, 46,2 mil imóveis, alta de 1,5% ante outubro e 59,9% em um ano.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).