O medo de pegar coronavírus impede que muitas pessoas saiam a procura de um emprego, mesmo precisando. No Brasil, 17,3 milhões de pessoas gostariam de trabalhar, mas não procuraram uma ocupação por conta da covid-19, segundo dados da Pnad-Covid (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), divulgada hoje pelo IBGE.

Esse número vem subindo? Não, na verdade está caindo em relação ao começo de maio:

  • 03 a 09 de maio: 19,137 milhões
  • 10 a 16 de maio: 18,812 milhões
  • 17 a 23 de maio: 18,164 milhões
  • 24 a 30 de maio: 17,680 milhões
  • 31 de maio a 6 de junho: 17,917 milhões
  • 07 a 13 de junho: 18,164 milhões
  • 14 a 20 de junho: 17,337 milhões

Quais outros dados da Pnad-Covid-19 que merecem destaque?

  • Taxa de informalidade: caiu de 35% para 33,9% em relação à semana anterior
  • Pessoas afastadas do trabalho devido ao distanciamento: 11,1 milhões (eram 12,4 milhões)
  • População desocupada: 11,8 milhões de pessoas (eram 11,9 milhões)

Leia também:

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.