As festas de final de ano estão logo aí e, com isso, começam os preparativos para viagens. O aplicativo de trânsito Waze aproveitou a época para realizar uma pesquisa e descobrir quais são os planos dos seus usuários para os dias de folga e o que eles costumam fazer enquanto estão no carro.

Em um cenário de restrições sanitárias e inflação alta ao redor do mundo, a maior parte das pessoas vai preferir viajar para locais próximos, indo apenas para outra cidade. Aqueles que planejam ir para outro país correspondem a apenas 12%, mas ainda tem bastante gente indecisa.

Trânsito

Uma grande preocupação na hora de pegar a estrada perto de datas comemorativas é o engarrafamento. Enfrentar as filas quilométricas de carros incomoda tanto que 45% dos jovens (entre 18 e 24 anos) aceitariam ficar sem celular para ter a garantia de que passariam um ano sem pegar trânsito.

Os idosos, por outro lado, são mais tolerantes em relação ao tempo gasto no deslocamento. 38% dos entrevistados com mais de 65 anos não aceitariam abrir mão de nada para evitar engarrafamentos.

No Brasil, bastante gente gostaria de contribuir para a redução do trânsito. Mais de 39% dos motoristas compartilhariam o trajeto com amigo ou colega de trabalho se isso significasse passar menos tempo dentro do carro. No mundo, 33% dos motoristas concordam que dar carona é a melhor opção para evitar o trânsito.

“Hoje em dia, a carona é a melhor opção de transporte dentro das restrições atuais. Se todas as pessoas usassem os carros de maneira diferente, compartilhando mais assentos, podemos tirar alguns desses carros das ruas”, diz o Head de Parcerias e Waze Carpool para América Latina, Douglas Tokuno.

Lanches e passatempos

A pesquisa traz também alguns dados curiosos sobre os hábitos dos usuários do Waze. Na hora de fazer um lanchinho, por exemplo, os doces são os preferidos dos motoristas. A única exceção são os EUA, onde lidera o costume de comer fast food dentro do carro.

Como passatempo, os jovens de 18 a 24 anos preferem as tradicionais brincadeiras de viagem. Os de 25 a 44 anos costumam ouvir podcasts e motoristas com mais de 55 anos são mais adeptos da música.

Como foi feita a pesquisa? Foram entrevistados 11 mil adultos em oito países, entre os dias 27 de outubro e 9 de novembro de 2021. Além dos dados externos, o app analisou dados de navegação extraídos entre os meses de janeiro a novembro de 2021.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).