A pontualidade na hora de decolagens e pousos é muito importante para os negócios das companhias aéreas e aeroportos e, por isso, existe um ranking que mede quais as empresas mais pontuais no setor. Por causa da pandemia, a indústria estava com dificuldades de avaliar estes parâmetros, o que, aos poucos, está voltando ao normal. Na última avaliação, a companhia Japan Airlines e o aeroporto de Tóquio Haneda ficaram no topo da lista dos mais pontuais.

Outras companhias que se destacaram foram a Hawaiian Airlines, Red Wings e a Avianca. A análise das aéreas mostrou que as viagens estão voltando e o número de voos completados em maio já é 117% maior em comparação ao mesmo mês do ano passado, impulsionado pelos voos domésticos.

Um dos parâmetros avaliados pelo ranking é se os pousos e decolagens estão sendo feitos 15 minutos do programado.

CompanhiaChegada na hora
Japan Airlines95,19%
Hawaiian Airlines 93,22%
Red Wings96,18%
Avianca 93,69%

“Com a volta dos voos, conseguimos voltar a avaliar a performance das companhias e dos aeroportos. Como fatores que causam atrasos não existiram em 2020, como espaço aéreo congestionado ou conexões de passageiros, elas devem voltar aos poucos em 2021 e 2022”, afirma Jeremy Bowen, CEO da Cirium.

Na Europa, a companhia Red Wings liderou, seguida da Vueling Airlines, Iberia, KLM e Aeroflot. A Avianca foi a empresa mais pontual na América Latina, na frente da Azul e da Gol.

O aeroporto de Haneda chegou a uma pontuação de 96,86% nas decolagens – outros aeroportos que se destacaram foram Sheremetyevo International, Minneapolis-St. Paul, Detroit Metropolitan Wayne County and Philadelphia International. A menor pontuação foi registrada em Miami, com nota de 83,14%.

Os 20 principais aeroportos, juntos, foram responsáveis por meio milhão de voos em maio, 4% a menos do que em fevereiro do ano passado.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).