O que os brasileiros leram em 2020? Segundo a lista de livros mais vendidos da Amazon, divulgada nesta quarta-feira (30), os assuntos preferidos foram luta contra o racismo, clássicos da literatura, autoajuda e finanças pessoais.

O gerente-geral de Livros da Amazon, Alexandre Munhoz, diz que “além de serem sucesso de vendas, essas obras incentivaram os brasileiros a investirem seu tempo conhecendo novos autores e livros”. Munhoz afirma que houve um crescimento geral da demanda por livros de todos os gêneros, tanto físicos como e-books.

O primeiro colocado foi “Pequeno manual antirracista”, de Djamila Ribeiro, seguido de dois clássicos de ficção: Mulheres que correm com os lobos, de Clarissa Pinkola Estés, e 1984, de George Orwell.

Veja os livros mais vendidos pela Amazon em 2020:

  1. Pequeno manual antirracista, por Djamila Ribeiro
  2. Mulheres que correm com os lobos, por Clarissa Pinkola Estés
  3. 1984, por George Orwell
  4. O poder do hábito, por Charles Duhigg
  5. O morro dos ventos uivantes, por Emily Bronte
  6. O milagre da manhã: O segredo para transformar sua vida (antes das 8 horas), por Hal Elrod
  7.  Mais esperto que o Diabo: O mistério revelado da liberdade e do sucesso, por Napoleon Hill
  8. A revolução dos bichos: Um conto de fadas, por George Orwell
  9. Racismo estrutural, por Silvio Almeida
  10. A coragem de ser imperfeito, por Brené Brown
  11. Mindset: A nova psicologia do sucesso, por Carol S. Dweck
  12. O conto da aia, por Margaret Atwood
  13. Do Mil ao Milhão. Sem Cortar o Cafezinho., por Thiago Nigro
  14. 21 lições para o século 21, por Yuval Noah Harari
  15. Essencialismo: A disciplinada busca por menos, por Greg Mckeown
  16. Os segredos da mente milionária, por T. Harv Eker
  17. Escravidão – Vol. 1, por Laurentino Gomes
  18. Sapiens – Uma Breve História da Humanidade, por Yuval Noah Harari
  19. O homem mais rico da Babilônia, por George S Clason
  20. Harry Potter e a Pedra Filosofal, por J.K. Rowling

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).