Quatro em cada dez brasileiros acima de 12 anos jogam videogames, revelou uma pesquisa do Datafolha encomendada pela feira Brasil Game Show. Segundo o levantamento, que buscou traçar o perfil do gamer no Brasil, os entusiastas de jogos eletrônicos costumam gastar 11,5 horas em média por semana no passatempo, que por alguns é considerado até uma profissão.

Quem são os jogadores? A pesquisa mostra que os fãs brasileiros de jogos eletrônicos têm por volta de 30 anos, sendo 53% deles homens e 47% mulheres. A maioria tem filhos, faz parte da PEA (População Economicamente Ativa) e tem uma renda mensal de um a dois salários mínimos. A região Sudeste concentra 44% dos gamers, enquanto 28% vivem no Nordeste. Os demais se dividem entre o Sul, Norte e Centro-Oeste, em ordem decrescente.

O que eles jogam? Jogos de ação e aventura, como “Fortnite” e “League of Legends”, são os preferidos entre os entrevistados, somando 39% do público. Outros 26% preferem o gênero esportes, que é seguido por jogos de estratégia, com 23%, e corrida com 21%. A maioria também revelou que costuma jogar mais de um gênero.

Entretenimento ou profissão? Enquanto jogar videogame se tornou uma profissão para alguns, 80% dos entrevistados afirmaram que escolhem os jogos eletrônicos como forma de entretenimento. Muitos deles também tem o costume de acompanhar e-Sports no tempo livre, especialmente homens mais jovens, com idade de até 24 anos.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).