A Prefeitura de Búzios informou hoje que conseguiu derrubar a decisão judicial que dava um prazo de 72 horas para os turistas deixarem a cidade.

Na prática, a prefeitura derrubou a decisão que restabelecia um decreto do começo da pandemia e que impunha restrições mais rígidas para o funcionamento do comércio e permanência de turistas na cidade.

Agora, volta a valer um decreto do dia 10, que estabelece a “ocupação máxima de 50% nos estabelecimentos comerciais e possibilita a entrada de turistas na cidade mediante apresentação de QR Code”.

Como funciona esse QR Code? Ele é emitido pelos estabelecimentos comerciais e meios de hospedagem para permitir a entrada de turistas na cidade. É o QR Code que permite a passagem do turista pelas barreiras sanitárias – foi criado para controlar o número de pessoas na cidade.

“O turista que deseja se hospedar em Búzios recebe o QRCode ao fazer a sua reserva em hotel ou pousada, e aquele que vem a passeio, sem pernoite, recebe o QRCode ao reservar um restaurante”, informa a prefeitura.

Segundo o procurador do município, Cássio Heleno, a Prefeitura de Búzios cumpriu na íntegra o Termo de Ajustamento de Conduta celebrado com a Defensoria Pública e entregou todos os documentos necessários a esta comprovação.

Crédito: Shutterstock

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).