O Facebook lançou nesta quinta-feira (dia 5) a integração de sua ferramenta de relacionamentos, paquera ou namoro — ou o que as pessoas decidirem — com o Instagram. O Facebook Dating, que chegou ao Brasil em abril, já está disponível em 20 países como um recurso dentro do próprio aplicativo da rede social.

Como funciona o Facebook Dating? Ele está disponível na coluna “menu” do Facebook. “Encontre sua cara-metade nas coisas que você curte”, diz a mensagem de apresentação da ferramenta. O usuário tem acesso à sua rede de amigos e de seguidores e pode dar um like em quem quiser. A pessoa só ficará sabendo do seu like se curtir de volta — e daí, diante do “match” (o interesse mútuo), poderão começar a conversar e partir para os próximos passos.

Como é a integração com o Instagram? Os usuários poderão adicionar suas publicações (fotos ou vídeos) do Instagram ao seu perfil no Facebook Dating. Por enquanto, não é possível ainda incluir os stories, mas o Facebook diz que isso estará funcionando antes do fim do ano.

Além disso, os usuários poderão dar like em seus seguidores no Instagram, criando uma espécie de lista de “crushs secretos”.

App de paquera dá dinheiro? Sim, muito dinheiro. O mercado de relacionamento é um dos mais rentáveis do mundo de aplicativos. O Tinder é o líder: é o app mais baixado do mundo e o segundo mais rentável — apesar de a sua versão básica ser gratuita. Ele tinha 5,2 milhões de usuários no mundo ao fim de junho.

O Match Group, dono do Tinder, tinha 9,1 milhões de usuários nesse mesmo mês e obteve um faturamento de US$ 498 milhões no trimestre, com um crescimento de 18% na comparação anual. O Happn é outro dos apps de relacionamento mais populares no mundo.

 

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).