O Airbnb tornou mais difícil reservar apartamentos para o Ano Novo em Paris, Nova York, Londres e outros importantes destinos citando necessidade de limitar o riscos de realizações de festas tornadas ilegais por medidas de autoridades públicas.

A partir desta quinta-feira (3), viajantes que não tenham críticas positivas em seus perfis no Airbnb não poderão alugar um apartamento por uma única noite em 31 de dezembro nos Estados Unidos, França, Inglaterra, Canadá, México, Austrália e Espanha, afirmou a companhia em comunicado.

As pessoas que planejam passar o último dia do ano em imóveis anunciados no Airbnb também terão que se comprometer a não organizar qualquer festa de Ano Novo e estarão cientes de consequências legais que podem enfrentar se não obedecerem a regra, acrescentou a companhia.

Todas as reservas feitas antes das novas regras serão mantidas, afirmou a Airbnb. A empresa citou que a maior parte das reservas de um único dia feitas com objetivo de organização de eventos de fim de ano normalmente ocorre em dezembro.

Reservas de última hora feitas por pessoas que buscam um lugar para alugar perto de suas próprias casas e que não tenham recebido críticas positivas também serão restritas, disse a companhia.

As novas regras da Airbnb ocorrem a poucos dias de a companhia fazer uma oferta pública inicial de ações (IPO) na Nasdaq, que pode avaliar a companhia em US$ 35 bilhões.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).