A companhia aérea Emirates vai oferecer aos seus passageiros a realização gratuita de testes PC-R (que identificam a presença do novo coronavírus no organismo) antes das viagens para o exterior. O exame, que é obrigatório para a entrada nos Emirados Árabes, deverá ser coletado até 96 horas antes do embarque. A exigência de um exame negativo foi aderida por diversos países, como medida de segurança para evitar a disseminação do covid-19 em território local.

A empresa firmou parceria com o laboratório do hospital Albert Einstein, em São Paulo, e com a rede de laboratórios A+, do grupo Fleury. Para quem mora em Porto Alegre, Curitiba, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Natal ou São Luís, o exame deverá ser feito nas unidades do A+. No caso dos clientes que residirem na capital paulista e optarem por fazer no laboratório do Einstein, a coleta do PC-R poderá ser feita em casa.

O teste é oferecido para todos os passageiros Emirates com partida de São Paulo e destino a Dubai. O passageiro pode optar por fazer o exame por conta própria, mas deverá apresentar o resultado no momento do check-in e só poderá embarcar se o diagnóstico for negativo.

“Dubai está aberta e gostaríamos de receber visitantes do Brasil para aproveitar das muitas atrações da cidade. Nossos clientes terão uma coisa a menos com que se preocupar antes de embarcar nos nossos voos, que agora acontecem três vezes por semana, de São Paulo para Dubai”, afirma Stephane Perard, diretor-executivo da Emirates.

Dubai é uma cidade turística que faz parte dos Emirados Árabes. A região recebeu quase 17 milhões de visitantes no ano passado, e é palco de eventos, convenções e exposições globais, além de ter arquitetura moderna e diversas praias. Dubai tenta se estabelecer como um destino turístico seguro para os viajantes durante a pandemia, e para isso ostenta o selo SafeTravels do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC).

Como posso agendar o exame? Depois de comprar o voo, o passageiro Emirates deverá enviar um e-mail para o contato SAORREK@emirates.com informando o número do e-ticket, o seu e-mail e o número de telefone. Esse contato deve acontecer até 7 dias antes do embarque. Depois disso, a companhia entrará em contato para fornecer um número de voucher para ser usado no laboratório.

Para realizar o exame, basta agendar em um dos laboratórios conveniados e apresentar o voucher. O resultado será enviado por e-mail ao passageiro.

A companhia também está prometendo cobrir todas as despesas médicas de passageiros que forem diagnosticados com a covid-19 durante a viagem. Essa cobertura vale por até 31 dias após o voo, enquanto o passageiro estiver fora do Brasil. Contudo, somente quem embarcar até o dia 31 de outubro deste ano terá direito ao benefício.

Como estão os voos? A empresa retomou recentemente os voos semanais de São Paulo para Dubai e está com uma campanha de tarifas promocionais para voos entre o dia 25 de agosto (hoje) e 31 de outubro de 2020. Os bilhetes custam entre US$ 899, na classe econômica, e US$ 3.999 na classe executiva.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).