A indústria do entretenimento foi uma das mais afetadas pela pandemia de coronavírus, com prejuízo estimado de bilhões de dólares. Devido ao isolamento social, estúdios do mundo inteiro foram obrigados a interromper a produção de filmes e séries, modificando o calendário de estreias previsto para 2020.

Longas esperados, como “Mulan”, estão sem data de estreia prevista no Brasil, enquanto outros, como “Os Eternos”, da Marvel, foram empurrados para 2021. Alguns poucos, porém, sobreviveram à quarentena e vão chegar aos cinemas ainda neste ano. Em São Paulo, os cinemas só voltam a abrir quando a cidade estiver na fase verde do plano de reabertura.

Confira abaixo cinco estreias:

“Mulher Maravilha 1984”, 1º de outubro

“Mulher Maravilha” foi um fenômeno de bilheteria em 2017, quando estreou nos cinemas com Gal Gadot no papel da protagonista. Dois anos mais tarde, a super-heroína volta ao universo compartilhado da DC Comics em “Mulher Maravilha 1984”, ambientado durante a Guerra Fria — três décadas após o primeiro longa, e três décadas antes da última aparição da princesa amazona nos cinemas, em “Liga da Justiça. Na trama, ela enfrentará a vilã Mulher Leopardo, interpretada por Kristen Wiig, e contará – de alguma forma – com a ajuda de Steve Trevor, personagem de Chris Pine.

“Morte no Nilo”, 23 de outubro

Kenneth Branagh volta a interpretar o detetive Hercule Pairot em “Morte no Nilo”, adaptação do livro de mesmo nome de Agatha Christie. O ator deu vida ao personagem também em “Assassinato no Expresso do Oriente”, filme de 2017 inspirado também em um suspense da autora. Na trama, que tem Gal Gadot, Armie Hammer, Annette Bening, Letitia Wright e Rose Leslie no elenco, Pairot tenta desvendar o assassino de Linnet, uma jovem rica que seguiu seu antigo noivo, agora casado com sua melhor amiga, em sua lua de mel no Egito, onde, como de praxe, todos são suspeitos.

“007 – Sem Tempo Para Morrer”, 19 de novembro

Daniel Craig interpreta uma última vez ao personagem James Bond em “007 – Sem Tempo Para Morrer”. Aposentado e vivendo uma vida tranquila na Jamaica, o agente secreto é “convidado” por um antigo colega de espionagem para resgatar um cientista das mãos de um novo vilão, vivido por Rami Malek, armado com uma perigosa tecnologia que Bond desconhece. Léa Seydoux reprisa o papel de Madeleine, bem como Ralph Fiennes, o M, e Ben Whishaw, o Q.

“Viúva Negra”, 29 de outubro

O filme solo da Viúva Negra marca a estreia da fase 4 do Universo Compartilhado da Marvel nos cinemas, apesar de se passar antes dos eventos de “Guerra Infinita” e “Ultimato”, que concluíram a fase 3. Já como membro do time de heróis Vingadores, Natasha Romanoff, heroína vivida por Scarlett Johanson, volta para sua cidade natal, na Rússia, e revisita seu passado, ainda mantido em segredo pela produtora.

“West Side Story”, 18 de dezembro

Crédito: Reprodução

Steven Spielberg não abriu mão de lançar o remake de “West Side Story” em 2020 – nem que seja aos 45 minutos do segundo tempo. A superprodução à la Romeu e Julieta conta, ao som de muitas músicas e coreografias minuciosamente ensaiadas, a história de amor de Tony e Maria, interpretados agora por Ansel Elgort e Rachel Zegler, dois jovens de gangues rivais de Nova York, que, não é segredo, acaba em tragédia.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).