Na primeira quinzena de junho, o país contava com 1,3 milhão de empresas fechadas temporária ou definitivamente. Desse total, 40% atribuíram às restrições impostas pela pandemia de coronavírus a suspensão de suas atividades. Os dados são da Pesquisa Pulso Empresa: Impacto da Covid-19 nas Empresas, divulgada hoje pelo IBGE.

Como foi esse impacto por setor:

  • Comércio: 40,9%
  • Serviços: 39,4%
  • Construção: 37%
  • Indústria: 35,1%

Qual o impacto da covid-19 nos negócios? Das 2,7 milhões de empresas em atividade, 70% reportaram que a pandemia teve um impacto geral negativo; 16,2% disseram ue o efeito foi pequeno ou inexistente. Por outro lado, 13,6% afirmaram que a pandemia trouxe oportunidades e que teve um efeito positivo sobre a empresa.

Por segmento, o maior percentual de empresas que sentiu efeito negativo são os de Serviços (74,4%), Indústria (72,9%), Construção (72,6%) e Comércio 65,3%.

De que forma esse impacto foi sentido? De acordo com a pesquisa, as empresas sofreram com redução das vendas, tiveram dificuldade na capacidade de fabricar produtos e de atendimento aos clientes. Também houve dificuldade no acesso aos fornecedores.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.