A suspensão da temporada 2019/2020 da NBA (a liga americana profissional de basquete), anunciada na noite de quarta-feira (dia 11), foi o mais recente impacto causado pelo coronavírus no mundo esportivo.

Dos campeonatos nacionais de futebol na Europa a maratonas e eventos de classificação para a Olimpíada de Tóquio, que está também sob risco de adiamento, a lista de eventos esportivos afetados pelo surto cresce a cada dia.

Veja abaixo a lista das principais competições que já foram canceladas ou adiadas:

NBA: A temporada foi suspensa depois que dois jogadores do Utah Jazz foram diagnosticados com o coronavírus. Cerca de 80% dos jogos da temporada regular, que classificam para os playoffs, já haviam sido disputados.

ATP Tour: A entidade que organiza o circuito profissional masculino de tênis suspendeu nesta quinta-feira por seis semanas todas as competições, o que inclui o Miami Open e o BNP Paribas Open (Indian Wells), dois torneios Masters 1000, a segunda categoria mais importante logo abaixo dos quatro Grand Slams. Por enquanto, os torneios de Roland Garros (em Paris), em junho, e o de Wimbledon (em Londres) estão mantidos.

Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar: A Conmebol (entidade que comanda o futebol na América do Sul) ainda não oficializou, mas as confederações nacionais pediram que as duas primeiras rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 sejam adiadas. As partidas estavam programadas para o fim de março. A seleção brasileira iria estrear contra a Bolívia no dia 27, no Recife; no dia 31, jogaria em Lima contra o Peru.

Futebol europeu: Diversas partidas da Liga dos Campeões da Europa e de ligas nacionais, como a da França e a da Alemanha, estão sendo realizadas sem público nas arquibancadas. A Série A do futebol italiano e a La Liga espanhola decidiram suspender todas as rodadas até o início do mês de abril. Isso significa que os dois melhores jogadores do mundo, Lionel Messi (do Barcelona) e Cristiano Ronaldo (da Juventus), ficarão parte do tempo inativos.

Fórmula 1: A abertura da temporada está marcada para este fim de semana em Melbourne, na Austrália, até segunda ordem. A McLaren, uma das equipes mais tradicionais da Fórmula 1, decidiu não participar do grande prêmio depois que um funcionário testou positivo para o coronavírus. A Haas, outra equipe, colocou dois profissionais em quarentena. O atual campeão e maior piloto da atualidade, o britânico Lewis Hamilton, se disse “chocado” com a decisão da organização de manter a prova. “Estou muito surpreso por estarmos aqui.”

Olimpíada de Tóquio: Agendado para o período entre 24 de julho e 9 de agosto, o maior evento esportivo do planeja, que deve reunir mais de 15 mil atletas de quase 200 países, continua sob séria ameaça de adiamento por um ou dois anos, segundo autoridades. Diversos torneios e atividades preparatórios ou de classificação para a Olimpíada foram adiados nas últimas semanas por causa do avanço do coronavírus no Japão e em países vizinhos.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).