A JHSF Participações, dona do Hotel Fasano Rio de Janeiro, anunciou hoje (dia 29) que retomará as operações da unidade hoteleira a partir do dia 17 de julho. A holding de empreendimentos disse que a reabertura para os hóspedes será gradual, com a liberação de alguns apartamentos por vez, e que haverá avaliação constante dos protocolos de saúde no espaço.

A liberação ocorreu após a Prefeitura do Rio de Janeiro afrouxar as condições de quarentena na capital fluminense. Salões de beleza e o comércio de rua já voltaram a funcionar, e nas próximas semanas outros setores, como o hoteleiro, poderão retomar o atendimento ao público.

Os donos do Fasano disseram que seguirão todas as determinações dos governos municipais e estaduais, como a limitação ao número de hóspedes. Para a reabertura, o hotel buscou o selo SafeGuard, conferido por uma empresa que é referência em avaliação de normas de saúde e segurança.

“A Administração da JHSF seguirá atenta às orientações das autoridades de Saúde Pública com responsabilidade, consciência, empatia e cuidado, e está comprometida em dar sua contribuição para o restabelecimento do ambiente saudável e seguro para todos”, disse, em nota, Thiago Alonso de Oliveira, diretor da JHSF.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).