A pandemia do novo coronavírus atingiu em cheio o mercado automotivo. Em abril, os emplacamentos de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus teve queda de 75,9% em relação a igual mês do ano passado, segundo dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). Já em comparação a março, mês que começou a ser afetado na segunda quinzena pelo covid-19, o tombo foi de 65,9%.

Como a pandemia afetou o emplacamento dos veículos? Abril foi o primeiro mês completo desde que tiveram início as medidas de isolamento social no Brasil. Isso significa que muitas concessionárias e alguns postos dos Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans) estiveram fechados. As pessoas também passaram a priorizar as saídas para o essencial: apenas compras no mercado ou farmácia. Isso tudo dificultou a negociação dos automóveis no período.

Quais são os números dos emplacamentos? Foram 55,7 mil unidades vendidas em abril, em soma que considera os veículos leves (automóveis e comerciais leves) e os pesados (caminhões e ônibus). É o menor volume para o mês desde o início da série histórica da Fenabrave, em 2003. Naquele ano, em abril, as vendas somaram 108,3 mil unidades, quase o dobro de abril deste ano.

No acumulado dos primeiros quatro meses de 2020, foram vendidas 613,7 mil unidades, recuo de 26,8% em relação a igual período do ano passado. É o menor volume para o primeiro quadrimestre desde 2006, quando as vendas, de janeiro a abril, somaram 548,5 mil unidades.

Se considerados todos os segmentos (veículos e comerciais leves, caminhões, ônibus, motos, implementos rodoviários e outros) a queda foi de 73% na comparação com março. Frente a igual período do ano passado, a queda é de 79%.

O que mais chama atenção? Nos dados da federação que consideram modelos, vale destaque para os emplacamentos de SUVs no período: na comparação com março deste ano, a queda foi de 70%. Para ficar mais fácil de imaginar: se, em março foram emplacados 37,5 mil SUVs, em abril este número caiu para pouco mais de 11 mil. As SUVs representaram quase 29% das vendas e automóveis em abril de 2020.

E não foram só as SUVs. Outro modelo que detém grande participação na venda total de automóveis (30% em abril), os hatchs pequenos, teve queda de 72% nas vendas em abril na comparação com março deste ano.

(com Estadão Conteúdo)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).