O lucro líquido da Caixa Econômica Federal foi de R$ 3 bilhões no primeiro trimestre do ano, queda de 7,5% em relação ao mesmo período do ano passado. O banco divulgou nesta quinta-feira (21) seu balanço de resultados. Na comparação com os três meses anteriores, porém, houve um crescimento de 21,5%.

Quais os destaques?

  • Alta de 2% na carteira de crédito na comparação anual.
  • A inadimplência aumentou para 3,14%. No mesmo período do ano passado, era de 2,47%.
  • Entre empresas, financiamento imobiliário e pessoas físicas, é esse último grupo o mais inadimplente: 5,83%, ante 5,04% há um ano.
  • As despesas administrativas caíram 1,7% na comparação anual.

Qual o efeito do coronavírus na Caixa?  O banco público informa que disponibilizou mais de R$ 154 bilhões para apoiar a economia em meio à pandemia. Do total, R$ 60 bilhões foram para o capital de giro de micro, pequenas e médias empresas, R$ 43 bilhões para o crédito imobiliário; R$ 40 bilhões para a compra de carteiras, R$ 6 bilhões para o crédito agrícola e R$ 5 bilhões para crédito às Santas Casas.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).