Os cães com alguns dias de treinamento são capazes de identificar pessoas infectadas com o coronavírus, de acordo com um estudo da Universidade de Medicina Veterinária de Hannover.

Oito cães das forças armadas da Alemanha, treinados por apenas uma semana, foram capazes de identificar com precisão o vírus. A taxa de sucesso foi de 94%, segundo projeto piloto da universidade alemã.

Os pesquisadores desafiaram os cães a farejar o Covid-19 na saliva de mais de mil pessoas saudáveis ​​e infectadas e acreditam que os cães são capazes de detectar um cheiro específico. “Achamos que isso funciona porque os processos metabólicos no corpo de um paciente doente foram completamente alterados”, disse Maren von Koeckritz-Blickwede, professora da universidade.

Os animais, que têm um olfato cerca de mil vezes mais sensível que os humanos, podem ser implantados para detectar infecções em locais como aeroportos, passagens de fronteira e eventos esportivos com o treinamento adequado, de acordo com os pesquisadores.

O estudo foi realizado em conjunto com as forças armadas alemãs, a Escola de Medicina de Hannover e o Centro Médico da Universidade de Hamburgo-Eppendorf. Von Koeckritz-Blickwede disse que o próximo passo será treinar cães para diferenciar amostras de Covid de outras doenças, como a gripe.

(com Bloomberg)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).