A Starbucks projetou nesta quarta-feira uma queda de 47% nos lucros no segundo trimestre, abandonando suas estimativas para o ano completo e alertando que os impactos financeiros da pandemia do coronavírus devem se estender até o último trimestre de 2020.

A empresa também disse que vai suspender temporariamente seu programa de recompra de ações, além de tomar medidas para cortes de custos, embora tenha decidido manter o pagamento de dividendos no trimestre.

A Starbucks afirmou que espera agora registrar lucro de cerca de US$ 0,28 por ação no segundo trimestre, refletindo o impacto das vendas perdidas no período e dos custos mais altos. Em igual período do ano passado, a empresa teve lucro 57% maior.

A maior rede de cafés do mundo disse que as vendas nas lojas dos Estados Unidos começaram a recuar em 12 de março, e que desde então pioraram constantemente.

A empresa afirmou ainda que as receitas na China passaram por uma queda de US$ 400 milhões em relação às expectativas, com um declínio de 50% nas vendas por loja no trimestre.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).