O distanciamento social imposto pela pandemia de coronavírus continua prejudicando a educação no Brasil. Com a ausência de aulas presenciais, 15,8% dos estudantes (7,3 milhões de pessoas) não tiveram atividades escolares na primeira semana de setembro. A informação é da edição semanal da Pnad Covid-19, divulgada nesta sexta-feira (25) pelo IBGE.

Esse contingente ficou estatisticamente estável em relação à semana anterior e caiu em relação à semana de 28 de junho a 4 de julho (9,0 milhões ou 20,0% dos estudantes). No início do mês, o país tinha cerca de 46 milhões de estudantes matriculados em escolas ou universidades.

Entre os 38 milhões de estudantes que tiveram atividades escolares, apenas 65,6% tiveram aulas em cinco dias da semana, mantendo estabilidade frente à semana anterior.

 

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.