O Dia De Doar é celebrado no dia 30 de novembro e foi comemorado pela primeira vez no Brasil em 2013, um ano após a primeira edição, que aconteceu nos Estados Unidos. Atualmente, já são 85 países participantes e a ideia principal é promover um movimento de generosidade, por meio da conscientização sobre a importância da doação e conexão de pessoas com causas sociais.

Apesar de já estar chegando à 9º edição, a data ainda é pouco conhecida em solo brasileiro – mesmo com certa dificuldade, no ano passado foram arrecadados cerca de R$ 2 milhões em doações online e mais de 28 milhões de pessoas foram alcançadas por meio das redes sociais, de acordo com a organização do evento.

Não há dúvida de que a doação, ainda mais em um cenário de pandemia e crise econômica, tem papel extremamente importante. E quando falo em doação, não me refiro apenas a dinheiro – na realidade, a empatia é o ponto inicial. A ideia é começar a prestar atenção à nossa volta e perceber como podemos ajudar o próximo que está mais carente: seja financeiramente, com alimentos, roupas ou, até mesmo, com o seu tempo e a sua atenção.

Como voluntária há mais de 15 anos, vivencio na prática o quanto o Brasil é um país extremamente desigual. Um país em que poucas pessoas vivem com muito e muitas pessoas com pouco ou quase nada. Já estive diante de diversas situações que me fizeram enxergar esse profundo oceano de desigualdade em que estamos e, por isso, não tenho dúvida: a união de pessoas com vontade de ver a mudança é o ponto de partida para transformar essa cruel realidade.

Todos nós sabemos que os nossos políticos e os projetos sociais podem – e devem – ser cobrados por essa mudança. No entanto, apenas uma união forte e poderosa de todas as camadas da sociedade será capaz de, efetivamente, mudar esse cenário. Digo isso porque acredito no poder transformador das pessoas: se alguém começa a trabalhar para ajudar quem está mais carente dentro do seu bairro ou comunidade, já é um passo enorme. Esse movimento pode inspirar pessoas dentro do próprio município e, depois, poderá se estender ao Estado como um todo. Consequentemente, quando menos percebermos, a mudança estará acontecendo em todo o Brasil.

O Dia De Doar existe para promover esse espírito: se puder, comece a fazer a diferença à sua volta!

Obviamente, é importante que ONGs, empresas e órgãos públicos participem da data de maneira ativa, no entanto, o convite se estende SEMPRE para TODAS as pessoas. No portal do Dia De Doar, é possível encontrar todo o material necessário para quem deseja participar, se apropriar e criar a sua própria iniciativa. Afinal de contas, quem poderá fazer essa data se tornar cada vez mais um sucesso é quem está engajado na ação: seja doando efetivamente, ou fazendo uma campanha para estimular a doação.

Por isso, eu te convido a começar a fazer com que a cultura da doação se torne cada vez mais comum no dia a dia de todos. É possível fazer isso de diversas maneiras, como por exemplo, ensinando as crianças a doarem roupas e brinquedos que não usam mais, ajudando o próximo quando tiver condições, compartilhando a ideia da importância dessa prática, incentivando as pessoas a doarem o seu tempo e “os seus ouvidos” para alguém que está precisando de ajuda. Toda atitude é válida e todo gesto é transformador.

Tenha sempre uma certeza com você: o que mais importa não é o tamanho da doação ou a grandiosidade do gesto aos olhos dos outros, o importante é sabermos, quando deitamos a cabeça no travesseiro, que não ignoramos as necessidades das pessoas mais carentes e conseguimos doar o melhor de nós naquele momento, dentro das nossas condições. A cultura da doação, por mais que não seja tão comum e forte no Brasil, é um dos pilares que pode diminuir a desigualdade social e permitir com que mais pessoas tenham acesso ao básico para viver.

A transformação social é um ciclo. Quando impactamos a vida de uma pessoa de forma positiva se inicia o ciclo de transformação, onde esse impacto se juntará ao impacto de milhares de pessoas e se multiplicará. Só assim, em rede, conseguimos ver um futuro melhor para o nosso país. Aproveite o Dia De Doar para começar a implantar a cultura da doação na sua vida e permita que essa atitude positiva aconteça durante todo o ano.