Após uma queda brutal no mês de março, o site de empregos InfoJobs vem registrando um aumento do número de vagas publicadas desde meados do ano. Foram 29.497 vagas em agosto, a maior quantidade verificada desde o início da pandemia.

“Nos dois primeiros meses de pandemia, houve um grande volume de demissões e muitas empresas  optaram pela suspensão ou redução de jornada de trabalho. Nesse período a maioria das empresas deixou de contratar, salvo os setores e posições que não foram afetados, como as vagas para”, afirma Ana Paula Prado, country manager da InfoJobs.

Para ela, a recuperação verificada desde meados do ano é reflexo da reabertura da economia, já que várias empresas retomaram suas atividades e passaram a contratar.

“Estamos percebendo uma tendência de melhora do mercado de trabalho. À medida em que a quarentena vai sendo flexibilizada, as empresas estão voltando ao ritmo de trabalho habitual e a atividade econômica começa a reaquecer”, diz Ana Paula Prado, country manager da InfoJobs.

Onde estão as vagas? Veja abaixo os setores com maior número de ofertas na plataforma (total acumulado no ano):

  • Recursos Humanos: 119.194
  • Call center: 18.670
  • Comércio varejista: 14.521
  • TI: 13.164
  • Comércio atacadista: 8.822
  • Educação/idiomas: 5.844
  • Corretagem: 5.841
  • Supermercado: 5.574
  • Construção: 4.975
  • Saúde hospitalar: 4.965
  • Publicidade, propaganda e marketing:  4.951

O que puxa essas contratações em RH? Ana Paula diz que algumas empresas fazem contratações com um departamento de RH próprio, enquanto outras terceirizam essa função para agência e consultorias. Há também aquelas que trabalham em um modelo misto.

“As agências trabalham com vagas de grande volume, e o aquecimento no número de vagas de todos os setores faz com que mais vagas chegassem até elas”, disse.

Como o mercado fica daqui para a frente? Ana Paula está otimista. “Os números já apontam o aumento no número de vagas, uma vez que já estamos falando da retomada econômica. Muitas empresas voltaram a contratar neste segundo semestre, por isso, estamos otimistas com o reaquecimento da economia.”

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.