Apenas 21% dos jovens brasileiros, entre 25 e 34 anos, concluem o ensino superior, segundo a OCDE (Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico). O principal motivo é financeiro e a crise de coronavírus só piorou essa situação: a inadimplência em instituições particulares chegou a 75% em 2020, segundo a Abmes (Associação Brasileira das Mantenedoras de Ensino Superior).

De olho nesse cenário, a startup de financiamentos Provi lançou uma alternativa para quem está no sufoco para pagar os últimos meses da faculdade. O programa Impulso disponibiliza R$ 400 por mês para alunos de qualquer instituição brasileira de ensino superior.

Quem pode pedir financiamento? Qualquer pessoa física, maior de 18 anos e que possua CPF pode solicitar um financiamento na Provi. Podem participar do Impulso os alunos que estão no último ano de faculdade, presencial ou EAD, incluindo as instituições públicas.

E quem não está em dia com os boletos? Dependendo do histórico de crédito e de possíveis pendências financeiras do candidato, a Provi pode solicitar um avalista.

A pessoa indicada funciona como um seguro. Ela não precisa pagar nada a não ser que o aluno deixe de pagar. Diferentemente de um fiador, em caso de inadimplência, o avalista arca somente com o valor a ser pago, não fica responsável por outros deveres contratuais.

É diferente de um financiamento tradicional? O novo programa da Provi tem algumas características que facilitam a concessão de crédito e diferencias de financiamentos tradicionais. Para solicitar o empréstimo, não é necessário comprovar renda nem possuir fiador. Além disso, o processo é feito de forma 100% online e o aluno inscrito recebe o resultado da avaliação em poucos dias.

Por não exigir garantia, a taxa de juros do programa (3% ao mês) é um pouco mais alta do que as oferecidas por financiamentos estudantis convencionais, que restringem mais o público.

No Bradesco, por exemplo, o valor disponibilizado pelo programa em 12 meses resultaria em uma taxa efetiva de 1,49% ao mês. A do Pravaler, vinculado ao Itaú Unibanco, fica em 2,19% ao mês.

Já o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES), oferece taxas variadas de acordo com a renda familiar: 0% para até três salários mínimos,  3,4% para até cinco e porcentagens maiores para rendas mais altas, com teto de cinco salários mínimos por pessoa.

Como fazer o cadastro? O cadastro é feito pelo site: https://marketing.provi.com.br/impulsoprovi

O candidato deve preencher suas informações pessoais e apresentar os seguintes documentos:

– Comprovante de matrícula
– Histórico completo da faculdade, incluindo reprovações
– Uma foto do seu documento (RG ou CNH)
– Uma selfie, segurando o seu documento ao lado do rosto.

Demora quanto tempo para ter uma resposta? O  retorno é dado em até 72h. Aprovados irão receber um contrato digital por e-mail, assim como os avalistas, quando for o caso.

E depois? Os alunos recebem R$ 400 a cada mês por um período de seis ou 12 meses. Eles começarão a pagar pelo financiamento somente após receberem a última parcela do crédito. A taxa de juros é de 3% ao mês e é possível parcelar o valor em até 24 vezes.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).