Quanto custa trabalhar de casa? Quanto esse modelo de trabalho eleva as despesas domésticas do funcionário? Para tentar responder a essas questões, o FGV Ibre (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas) criou a cesta home office, que considera desde despesas com água, luz, gás, celular, internet, alimentação, mobiliário.

E qual o preço dessa cesta? De acordo com a cesta home office, os gastos podem ficar 25% mais altos. Essas despesas, segundo o FGV IBRE, representam 35% do orçamento familiar.

Por que é importante saber quanto custa o trabalho remoto? Porque as empresas que decidirem adotar permanentemente o home office como modelo de trabalho podem precisar adequar os contratos com seus funcionários.

“Estamos vendo muitas empresas fazendo a migração para o home office, e esse movimento acelerou por causa da pandemia. Além disso, existe a lei que regulamenta o trabalho remoto, o que exigirá nova repactuação dos contratos trabalho, alinhando custos e responsabilidades”, diz Bruna Inojosa, coordenadora de produtos FGV IBRE.

As empresas já estão reembolsando esses gastos? Algumas já firmaram acordos com sindicatos fixando um valor fixo de reeembolso – caso do Bradesc0, que vai pagar R$ 960 por ano aos funcionários.  Mas muitas ainda não fizeram as contas nem começaram a pagar nada aos colaboradores.

 

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).