Um estudo divulgado nesta segunda-feira pela Gama Academy mostrou que há oportunidades sobrando para a área digital no Brasil. Só nos próximos três meses, a previsão é de que sejam abertas mais de 20 mil vagas em tecnologia ao redor do país. São Paulo e Minas Gerais serão as regiões com maior oferta de oportunidades.

O Tech Jobs Report 2021, produzido revelou que São Paulo é o estado que mais vai abrir postos de trabalho em tecnologia, com 9.830 vagas, seguido de Minas Gerais, com expectativa de 1.076 cargos.

Quais são os profissionais procurados? A Gama Academy — escola que capacita estudantes e profissionais para o mercado da tecnologia —  levantou os dados com base em carreiras digitais: Programação, Design, Vendas e Marketing. Quanto ao perfil dos profissionais, 50% dos recrutadores dizem que Qualificação do Candidato, as chamadas soft skills, é o ponto principal.

Quais são as características das vagas? A maioria dos recrutadores está à procura de profissionais para vagas CLT (48%), mas boa parte deles irá deixar a escolha de modalidade ao encargo do funcionário (35%).

Quando a pergunta é home office, 54,8% das empresas permanecerão nesse formato nos próximos meses. 32,3% seguirão o modelo híbrido, que mescla presencial e remoto. Já o perfil mais procurado é o de profissional Pleno.

Qual é a faixa salarial? Entre as médias salariais para as áreas digitais, a pesquisa aponta que podem partir de R$ 2.500 e, em alguns casos, ultrapassar os R$ 7 mil. A área de programação tem a maior média salarial, de R$ 7.500.

Quem está contratando mais? Grande parte das empresas com vagas a serem abertas são especificamente do ramo da tecnologia (35%). Logo atrás vêm as companhias do setor energético (13%). Entre as 32 empresas consultadas, a Social Miner e Luiza Labs são as que mais irão contratar entre julho e setembro deste ano.

Como foi realizada a pesquisa? O Tech Jobs Report 2021 contou com dados de 32 empresas com atuação no Brasil. 51,6% são startups e 58,1% estão no estado de São Paulo. As demais são empresas tradicionais do mercado.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).