Se você está interessado em usar o marketing digital para divulgar a sua pequena empresa, pode se interessar pela estratégia de marketing de conteúdo, ferramenta que pode ajudar você a formar uma base de clientes.

O marketing de conteúdo ajuda seu negócio, por exemplo, a criar um laço com o admirador da empresa que ainda não realizou compra: este potencial consumidor é chamado de “lead”, ou seja, um simpatizante ou alguém que acessou um link da loja, mas que ainda não é um cliente.

Criar um conteúdo atraente é uma maneira de atrair “leads”. Quando a divulgação é feita sem custos, ela é chamada de marketing orgânico.

Os conteúdos podem ser divulgados de diversas maneiras. Uma das principais delas é pelas redes sociais. O e-mail marketing é outra possibilidade, mas, nesse caso, a forma mais indicada é a partir de alguma autorização do cliente, com preenchimento de cadastro após uma compra, em um evento ou na própria internet.

Há também ferramentas para se criar uma página específica para um produto ou serviço, acessada por meio de um clique em um anúncio (dentro do próprio site) ou até na sequência do clique em uma página ou mecanismo de busca. No marketing digital, tal página é conhecida como Landing Page (página de aterrissagem).

Outras formas de atração de clientes são as palestras online em vídeo (webinars) e a produção de ebooks.

Pelo WhatsApp

Um exemplo de marketing orgânico foi adotado pelo supermercado xxx, em Osasco (SP). Para divulgar a empresa, os donos do negócio criaram a personagem Vanessa, interpretada por Dayana Primarano, 32 anos, filha dos fundadores do mercado. A divulgação começou com vídeos feitos nas lojas, sem equipamentos sofisticados, e divulgados pelo WhatsApp. Em seguida, passaram a usar também o Facebook e o Instagram.

Desde o início, cada post tinha como fundo uma trilha musical. Isso ajudou a atrair público. Os clientes interagiam com mensagens, sugerindo músicas e tirando dúvidas sobre produtos. “O diferencial desse tipo de divulgação é a personagem Vanessa, que traz ao cliente uma apresentação mais humanizada dos produtos, aproximando o mercado e a clientela”, conta Dayana.

Pelo Facebook

Ações online também ajudaram o empresário Daniel Goltcher, que se tornou sócio do pai em uma ótica que havia fechado as portas por um tempo, por causa da pandemia.

Eles passaram a investir em divulgação, com Daniel cuidando das redes sociais da empresa.

Desde a reabertura, o empreendimento realizou promoções de Mês dos Pais e Black Friday, abastecendo ao menos três vezes por semana a página no Facebook com dicas, novidades e outras postagens. Chegaram, com isso, a mais de 3,5 mil seguidores entre Instagram e Facebook.

Daniel fez isso porque pensou que, quanto mais gente seguisse os posts da ótica, maior a chance de atingir um cliente em potencial na hora que precisar de óculos, trocar as lentes ou adquirir uma armação nova. Em marketing digital, isso se chama transformar os “leads” (simpatizantes) em clientes.

Agora é com você

Confira os produtos do C6 Bank disponíveis para pequenas e médias empresas

• Conta corrente isenta de taxa de manutenção
• Cartão múltiplo C6 Business isento de anuidade
• Pix gratuito
• 100 TEDs gratuitos (R$ 4 a partir da 101ª)
• Pagamento de contas
• Câmbio
• Capital de Giro
• Maquininha C6 Pay
• CDB
• Limite da Conta (cheque especial)

Confira os produtos disponíveis para MEIs

• Conta isenta de taxa de manutenção
• Pix gratuito
• 100 TEDs gratuitas (R$ 4 a partir da 101ª)
• Saques gratuitos nos caixas eletrônicos da rede Banco24Horas
• Cartão múltiplo C6 Business isento de anuidade
• Pagamento
• Maquininha C6 Pay
• Depósito por boleto
• C6 Kick (transferência por mensagem de texto)
• Pagamento de estacionamento
• CDB
• Empréstimo
• Recarga de celular
• Limite da Conta (cheque especial)
• C6 Tag

* Este conteúdo foi produzido pelo SixM Labs para o C6 Bank

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).