Nas demonstrações financeiras divulgadas nesta quarta-feira, 28, a companhia informou que investiu US$ 895 milhões de julho a setembro deste ano, valor muito próximo ao do mesmo período do ano passado (US$ 891 milhões). No segundo trimestre deste ano a mineradora havia investido US$ 967 milhões, configurando uma queda de 7,4%.

Segundo a Vale, US$ 110 milhões no período foram destinados para a execução de projetos e outros US$ 785 milhões foram alocados na manutenção de operações. O recuo dos investimentos ante o segundo trimestre se deveu, segundo a Vale, ao ritmo mais lento nas aquisições de equipamento e implementação de frentes de trabalhos não essenciais nas operações brasileiras, seguindo medidas operacionais conservadoras para garantir condições adequadas de segurança e força de trabalho nas unidades operacionais, e em menor escala, à desvalorização do real brasileiro, já que grande parte dos aportes são feitos na moeda local.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).