O coordenador-geral de Operações da Dívida Pública, Luis Felipe Vital, avaliou nesta quarta, 24, que a curva de juros tem apresentado uma volatilidade bem menor em novembro do que a observada em outubro.

“A curva de juros em novembro tem vencimentos mais curtos ainda voláteis, mas em um nível de volatilidade bastante inferior ao visto no mês passado. E observamos queda nos juros de longo prazo em novembro com avanço das discussões sobre a PEC dos Precatórios”, apontou. “A estabilidade de mercados em novembro permitiu voltarmos à nossa estratégia de financiamento. Gradualmente o Tesouro tem voltado à normalidade”, acrescentou.

Vital disse ainda que o cenário externo em novembro é bem mais positivo para os países emergentes. “O ritmo de retirada de estímulos pelo FED veio em linha com o esperado pelo mercado e os emergentes estão com percepção de risco menor, incluindo Brasil”, completou.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).